EAD para empresas: tudo que você precisa saber para implementar

Quando se fala em EAD, muita gente pensa que a modalidade serve apenas para escolas e universidades. Mas as possibilidades são muito maiores, inclusive no mundo corporativo. Justamente por isso, trouxemos este artigo sobre EAD para empresas: tudo que você precisa saber para implementar.

É fato que o ensino a distância vem crescendo a cada dia. Só para você ter uma ideia, em apenas 10 anos o número de alunos na modalidade EAD aumentou mais de 370%, de acordo com o Censo da Educação Superior, promovido pelo Inep. 

Isso nos mostra que o conhecimento não tem barreiras. Mas pense com a gente: se esse conceito já funciona tão bem no âmbito educacional, por que não levar o EAD para a rotina de treinamento nas empresas?

Afinal, o trabalho remoto é uma realidade e dá indícios de que vai continuar mesmo após a pandemia. Enquanto uma pesquisa da Zendesk revelou que, na área de atendimento ao cliente, 50% das equipes ficaram totalmente remotas em 2020, um estudo do Buffer mostrou que 98% das pessoas gostariam de trabalhar de casa, pelo menos uma vez, antes do fim de suas carreiras

É hora de unir o útil ao agradável, concorda? Então, continue lendo este artigo, pois aqui você vai conferir:

  • EAD para empresas: tudo que você precisa saber para implementar;
  • quais os benefícios que esse modelo traz para seus funcionários;
  • dicas práticas para você fazer um EAD corporativo;
  • ferramentas essenciais para te ajudar no processo.

Boa leitura!

  1. Direto ao ponto – EAD para empresas: tudo que você precisa saber para implementar
    1. O que é, de fato, um ensino a distância no mundo corporativo?

Bom, vamos pensar no funcionário desde o momento que ele entra na empresa (que também é chamado de onboarding) até o seu último dia de trabalho. Provavelmente ele tenha vindo de outro ambiente, com diferentes processos e modelos de trabalho.

Imagine a dificuldade que ele tem para assimilar tantas novas informações se o onboarding na sua empresa não for organizado e cuidadoso – ainda mais se as pessoas estiverem trabalhando de casa. No mais, com o passar do tempo, pode ser que o funcionário tenha dúvidas sobre determinada atividade, e não tenha onde encontrar ajuda.

Por fim, isso pode fazer com que ele saia da sua companhia, já que não sentiu um apoio quando mais precisou. Para resolver esses problemas, é aqui que entra o modelo de universidade corporativa – ou e-learning para empresas.

Isso nada mais é que um tipo de EAD organizacional, que permite ensinar os funcionários de forma mais natural, clara e ágil. Ao adotar esse método, você pode:

  • passar a cultura empresarial em uma espécie de aula, tanto ao vivo como gravada;
  • transmitir os processos específicos do setor (inclusive delegando essa atividade para outros líderes);
  • potencializar a assimilação do conteúdo (já que o funcionário consegue acompanhar com mais calma, além de poder consultar sempre que precisar);
  • promover uma integração mais rápida entre o funcionário e a equipe, pois o EAD aproxima as pessoas e traz um aprendizado colaborativo.
  1. Quais são as vantagens para seus funcionários?
    1. Valorização e reconhecimento

Quando o funcionário é treinado, ele entende que a empresa realmente se preocupa não apenas com seu trabalho, mas também com o bem-estar pessoal. Sentir-se bem é uma premissa para que esse colaborador tenha boas experiências com os outros – e, consequentemente, ofereça mais resultados para os clientes.

  1. Ambiente mais saudável

Pessoas mais felizes contagiam o ambiente de trabalho, trazendo mais leveza para o dia a dia. Com uma equipe mais engajada (e repleta de novos conhecimentos), é possível suportar melhor a pressão pelos resultados – e brigar pela empresa onde quer que seja!

  1. Mais produtividade

Mais conhecimento gera novas habilidades – o que diminui o tempo e os esforços gastos com refações. Assim, o trabalho se torna mais assertivo – sobrando tempo até para inovar em outras áreas da empresa.

  1. Menos turnover

Um pouco mais acima, falamos sobre saídas de funcionários que não se sentem apoiados pela organização. 

E isso é científico: um estudo da ATD (Association for Talent Development) mostra que cerca de 40% dos funcionários que não são treinados deixam seus cargos no primeiro ano de trabalho.

Realmente, demitir e recontratar não é bom para ninguém, pois demanda dinheiro e, principalmente, tempo. Ao treinar a equipe, você retém talentos e aproveita sempre o melhor que cada um tem a oferecer.

  1. Como fazer um EAD para empresas?
    1. Elabore um roteiro

Como você já está acostumado com o mundo corporativo, deve saber que o planejamento é o primeiro passo para que as coisas deem certo.

Por isso, vale a pena fazer uma espécie de roteiro antes de implementar suas ideias de treinamento, que deve contemplar:

  • um cronograma lógico dos módulos;
  • o responsável por ministrar o conteúdo;
  • qual equipe será treinada;
  • quais serão os materiais de referência;
  • qual será o meio de transmissão do curso (veja dicas mais abaixo!).
  1. Defina as regras

De nada adianta aplicar um treinamento e depois não integrar a teoria e a prática – afinal, as pessoas podem simplesmente esquecer o que aprenderam, ou simplesmente não entender como realmente funciona.

Portanto, é preciso ter clareza do que deve ser feito antes, durante e após o EAD. Veja alguns exemplos!

  1. Antes

Faça um levantamento das necessidades da equipe. Sobre o que as pessoas têm dificuldade e gostariam de um treinamento? Se for um período de onboarding, já tenha em mente quais as etapas fundamentais para um novo funcionário.

  1. Durante

Será preciso ter uma frequência mínima dentro do cronograma de treinamentos que você elaborou? Quais serão as dinâmicas? Como você fará o controle de quem assiste ou não às aulas?

  1. Após

Haverá algum tipo de avaliação para medir o conhecimento absorvido? Quais serão os próximos passos para implantar as mudanças dentro da empresa?

Responder a essas questões pode simplificar o caminho!

  1. Quais ferramentas tecnológicas podem ajudar o processo?

Contar com a tecnologia é fundamental para que o seu planejamento dê certo.

Para isso, é essencial ter uma plataforma EAD – que é uma estrutura online que oferece vários recursos indispensáveis para um bom treinamento. Geralmente elas têm um custo acessível, algumas com planos a partir de R$ 99,90 mensais e com testes gratuitos. 

Conheça as principais funcionalidades da plataforma EAD:

  • ambiente online restrito para você e seus colaboradores;
  • possibilidade de criação de grupos diferentes, de acordo com departamento, grau hierárquico ou tempo de empresa;
  • chat para interações em tempo real;
  • biblioteca para materiais de apoio (tais como ebooks e apostilas);
  • suporte para treinamentos ao vivo e gravados;
  • fórum de discussão entre os participantes.

Quer saber mais? Este vídeo explica os detalhes:

  1. Finalizando o assunto EAD para empresas: tudo que você precisa saber para implementar

Hoje, o treinamento EAD já é uma realidade – e acompanhar as tendências faz você tornar seu negócio mais eficiente, moderno e ágil, além de ter funcionários mais felizes e especializados. Ou seja, no final das contas, os benefícios superam (e muito) os custos. 

Agora, que tal ajudar outras pessoas a entenderem sobre ensino a distância? Compartilhe em suas redes sociais o artigo “EAD para empresas: tudo que você precisa saber para implementar”.O conteúdo “EAD para empresas: tudo que você precisa saber para implementar” foi escrito pela equipe da EAD Plataforma, uma plataforma online de ensino a distância que te permite criar e vender cursos na internet. Simples, intuitiva e com preço acessível, a EAD Plataforma atua no mercado desde 2014 e já conta com mais de 1200 clientes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *