Ethereum: por que o olhar de grandes investidores está voltado para o desenvolvimento da moeda?

O Ether é o segundo maior ativo digital do mundo. Isso, por si só, já é motivo para deixar os investidores de olho na moeda.

Mas, recentemente, a cripto quebrou um novo recorde de preço, terminando maio a 2.800 dólares, o que representa uma alta de 50%. Na NovaDAX, por exemplo, vimos a movimentação da moeda ter crescimento de mais de 200% desde o início de 2021. 

Os números deixaram o mercado otimista, inclusive o banco J.P. Morgan, líder global em serviços financeiros, que divulgou relatório dizendo que “o Ether está superando o bitcoin“, muito comentado por especialistas e entusiastas da moeda. 

O movimento de alta do Ether demonstra algumas melhorias consideráveis pela qual a rede Ethereum tem passado e ainda deve passar nos próximos meses. Recentemente, aconteceu uma atualização chamada Berlin que tornou a rede mais rápida e barata, reestruturando as taxas de transações, proporcionando um grande potencial para valorizar a moeda digital.

O destaque é uma mudança em direção ao “DeFi” (Decentralized Finance na sigla em inglês), que se refere a transações fora do sistema bancário tradicional, no qual a blockchain do Ethereum é uma plataforma importante.  

O London Fork é outra proposta de melhoria da Ethereum que deve reduzir taxas e tornar a moeda ainda mais acessível. Mas para a atualização avançar é preciso que a rede entre em consenso, da mesma forma que acontece com a bitcoin.

Acredito que as novidades devem incluir criação de novos contratos e atraso no ajuste de dificuldade. A partir do London Fork, a blockchain vai aumentar ou diminuir o valor das negociações, o que é uma grande vantagem.  

Comentários de Elon Musk e regulamentação chinesa 

A grande atenção para a moeda também vem de comentários feitos por grandes empresários. Em um tweet feito em maio, um seguidor perguntou à Elon Musk qual era a sua opinião sobre a Ethereum e outras moedas.

Em tom de brincadeira, o CEO da Tesla respondeu que DOGE tem cachorros e memes, coisa que as outras não tem! Acredito que ele não compactua tanto com a cripto porque provavelmente ele prefere “jogar” com as coisas com maior potencial de atrair o grande público.

O cachorro por si é fofo, muita gente o considera interessante, e os memes já fazem uma parte das comunicações principalmente na internet. A imagem de Ether já é mais séria em comparação com aquela do DOGE, e o projeto também é mais complicado.  

A regulamentação chinesa sobre o BTC e as posições do Elon Musk podem afetar a confiança dos investidores no mercado de criptos em geral.

A regulamentação mostra uma atitude mais rigorosa do governo chinês em relação ao investimento digital, portanto é normal que alguns investidores começem a ter medo de não poder movimentar suas criptos nas exchanges, e por isso ficam menos ativos no investimento digital.   

No entanto, devemos ver o assunto de uma outra perspetiva. A regulamentação parece uma coisa ruim, mas ela mostra a importância de operar dentro do âmbito legal.

Há cada vez mais países asiáticos, incluindo Tailândia, Singapura e Indonésia, que têm emitido licenças para exchanges de criptomoeda. Acredito que cumprir os regulamentos é o caminho certo para todos os participantes neste jogo. 

O Conselho Estatal Chinês publicou um memorando sobre uma reunião na qual grandes autoridades comentaram sobre reprimir especificamente “atividades de negociação e mineração de bitcoin”. 

A rede Ethereum começou a passar por uma queda após 9 de junho, quando o governo chinês emitiu uma ordem para que autoridades da Zona de Desenvolvimento Econômico de Zhundong suspendessem o fornecimento elétrico para “fazendas de mineração de criptomoedas”. 

A taxa de hashes da rede Ethereum caiu abaixo dos 500 TH/s, resultando em uma queda de 20%. Porém, a rede Ethereum vem mostrando tendência de recuperação desde o fim do mês.   

O que falta para a Ether passar a Bitcoin? 

O número de endereços ativos do ether ultrapassou o da bitcoin, mas em cotação de mercado os valores ainda estão bastante distantesO número de endereços ativos indica a liquidez da moeda no mercado, enquanto o preço indica o valor dela.

A liquidez é um fator que afeta o valor, mas não é o único componente. Inúmeros investidores acreditam no potencial do Bitcoin no longo prazo, e muitos deles provavelmente nem tocam nos seus ativos em BTC, só realizando o holding. Outro exemplo é o próprio BRL, que é usado por mais pessoas que o GBP, mesmo assim, o Real é muito mais barato que o GBP. 

Além disso, é inegável a influência dos comentários de grandes empreendedores no mercado, mas o preço da bitcoin também já viu quedas e repressão por parte da China. Enquanto isso, a rede ethereum ganhou novas funcionalidades e está surfando na onda da popularização dos NFTs. Somente na NovaDAX, já movimentamos cerca de 2,5 bilhões com a cripto. 

Apesar disso, não podemos prever o futuro de Ethereum apenas baseando em como ele está hoje. Devemos dar mais atenção ao rumo de desenvolvimento da cripto, que vem se atualizando pouco a pouco, e, ao mesmo tempo, se tornando mais forte e prático. Por isso, acredito que suas operações continuarão sendo destaques. 

Tudo é possível no mundo das criptomoedas. Poucas pessoas tinham previsto o sucesso do Bitcoin muitos anos atrás, e menos ainda o crescimento incrível do DOGE apenas há alguns meses. Podemos esperar o desenvolvimento mais profundo da rede de Ethereum, a adoção mais ampla dos DApps, a contínua popularidade de DeFi e NFT, o que juntos impulsionarão o crescimento do valor de Ether. 

*Beibei Liu é CEO da NovaDAX, criou a empresa em 2018 e já captou cerca de US$ 300 milhões em quatro rodadas de investimentos. A exchange brasileira oferece serviços relacionados a criptoativos de alta liquidez, taxas baixas e alta proteção para os seus mais de 750 mil clientes. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *