Folha de pagamento da empresa – saiba o que é e como manter em dia

É de extrema importância que sua empresa esteja em dia com todas as suas obrigações dentro do direito trabalhista, e a folha de pagamento é uma dessas que devem estar sempre atualizadas e organizadas dentro de sua empresa.

Quer saber um pouco mais sobre a folha de pagamento, como ela funciona, como fazer e como manter uma? então está no artigo certo! Confira no decorrer desta matéria tudo o que você precisa saber sobre a folha de pagamento.

O que é uma folha de pagamento?

De forma simples e direta a folha de pagamento contém todas as informações sobre a remuneração que um funcionário recebe na empresa; nela devem ser dispostas informações como horas extras, adicionais, comissões, etc. não apenas o valor do salário bruto/líquido do colaborador. Você também pode ver a folha de pagamento ser chamada de “holerite” em alguns estabelecimentos.

O que a lei diz sobre folha de pagamento?

A folha de pagamento ou holerite é um documento que deve ser elaborado mensalmente de forma obrigatória pelas empresa (artigos 464 e 225 do Decreto 3048/1999); esse documento não possui um modelo oficial obrigatório, sendo possível que a empresa possa elaborar seguindo suas próprias necessidades e preferências. Você pode encontrar modelos deste documento já prontos na internet, sendo necessário apenas que você altere as informações com os dados de seu negócio.

O que tem que ter em uma folha de pagamento?

Os requisitos obrigatórios que devem constar na folha de pagamento de um funcionário são:

  • Dados do empregador (sua empresa);
  • Dados do empregado, seu cargo e sua função;
  • Número de dias trabalhados no mês;
  • Descontos salariais como INSS, FGTS, vales, etc.
  • Horas extras e adiantamentos;
  • Valor do salário bruto e líquido;
  • Dedução de benefícios legais como vale transporte e vale refeição.

A folha de pagamento retém dados importantes sobre os funcionários de sua empresa, sendo importante que seja desenvolvido com muita responsabilidade e por um profissional ou equipe de trabalho responsável e apto para a execução desse processo. O profissional responsável pela criação da folha de pagamento de sua empresa deve possuir conhecimento sobre a legislação da folha de pagamento, como realizar seus cálculos, encargos, etc.

Como manter as contas da empresa em dia?

Para manter as contas da sua empresa em dia organização se torna a palavra-chave, e, garantir que no fim do mês você irá ter dinheiro suficiente para arcar com a folha de pagamento de seu negócio é de extrema importância, uma vez em que manter o salário de seus funcionários em dia é crucial para um bom funcionamento de seu empreendimento. Confira uma lista rápida sobre como manter as contas de sua empresa em dia.

  • Não crie mais dividas do que pode pagar: saúde financeira e garantir que contará com um bom caixa no fim do mês está totalmente ligado com o fato de não criar dividas; e, se tratando de um negócio, elas podem vir desde possíveis “oportunidades” de investimento que no fim apenas lhe deixará endividado até empréstimos com altas taxas de juros;

  • Planejamento financeiro: tenha um planejamento financeiro para seu negócio, organize uma planilha detalhada contendo todos os gastos fixos da empresa como aluguel, internet, luz, etc. este planejamento lhe ajuda a controlar melhor todo o dinheiro que entra e sai de sua empresa;

  • Pague as contas em dia: fuja dos grandes juros ao atrasar possíveis contas, garanta que as contas estão sendo pagas em dia, principalmente aquelas que se referem a bancos e linhas de crédito, em situações com seus fornecedores por exemplo você pode tentar renegociar possíveis pagamentos;

  • Antecipe pagamentos e ganhe descontos: você pode ir além de apenas pagar as contas em dia, algumas vezes o pagamento antecipado de contas pode até mesmo lhe render descontos no valor total, organize-se e confira quais dívidas lhe oferecem essa opção.

O que fazer quando falta dinheiro para pagar as contas?

Já lhe aconteceu de chegar no último dia útil para o pagamento de seus funcionários e não havia dinheiro suficiente para arcar com os pagamentos? Muitos podem ser os motivos pela falta desse capital, porém, o dinheiro para quitar a folha de pagamento de sua empresa é um dos fatores mais importantes de seu negócio.

Uma vez em que seus colaboradores não recebem no dia de acordo ou até mesmo a baixo do que combinado poderá ocorrer desde a queda de produtividade dos funcionários até multas e problemas judiciais para com a empresa.

Para lhe auxiliar a passar por esse momento, confira uma lista com sugestões do que fazer para conseguir dinheiro e manter o salário de sua equipe em dia.

  • Entrada de capital: chegou o fim do mês e percebeu no seu planejamento financeiro que os lucros estão a baixo? Aumente a entrada de recursos na empresa, ofereça descontos, ofertas, faça uma liquidação com produtos que já estão a mais tempo no estoque, atrair clientes com as chamadas queimas de estoque poderá ser sua solução;
     
  • Antecipação de recebíveis: antecipe a entrada de crédito em sua empresa, sabe aquelas vendas que você fez a longos prazos e que serão pagas em diversas faturas? Com a antecipação de recebíveis sua empresa receberá esse dinheiro de forma antecipada, lhe ajudando a manter as contas em dia! Procure por antecipação de recebíveis em Curitiba ou na sua região mais próxima e invista nessa operação;

  • Recursos pessoais: sabemos o quão importante é conseguir separar os recursos pessoais dos empresariais e como não devemos misturar ambos, entretanto, o salário de seus colaboradores deve ser priorizado, sendo até mesmo válido que você retire seu próprio dinheiro para manter essa conta em dia;

  • Seja sincero e dialogue: caso realmente tenha a noção de que não conseguirá realizar o pagamento da folha salarial então seja sincero! É comum que os empresários tentem não demonstrar um possível momento ruim da empresa para com seus funcionários, escondendo possíveis falhas. Se é indicado que você reúna sua equipe e tenha uma conversa franca com todos, esclarecendo a situação e garantindo que o salário será pago em determinada data, ofereça também uma compensação pelo transtorno passado.