O que você deveria fazer antes de começar a investir

Ter um bom planejamento financeiro e buscar conhecimento em fontes de qualidade é essencial para quem está começando a investir.

Investir pode ser uma excelente alternativa para conquistar a tão sonhada independência financeira e realizar seus sonhos. Embora envolva riscos, como quase tudo na vida, o retorno pode ser altamente satisfatório, desde que se invista de forma consciente e planejada.

Neste artigo, falaremos das medidas que devem ser tomadas para garantir que o seu futuro no mundo dos investimentos seja bem-sucedido. Daremos dicas de como organizar sua vida financeira e estar preparado para começar a investir.

Afinal, por que você deveria investir o quanto antes?

Muitas pessoas podem pensar que investir é algo totalmente fora da realidade delas, sendo acessível apenas para quem tem um capital elevado. Outras, podem pensar que se trata de uma atividade muito arriscada, que certamente trará prejuízos ou não trará os resultados esperados. Essas opiniões, no entanto, estão incorretas.

É possível investir mesmo com baixo capital, sendo possível começar com quantias tão pequenas quanto R$ 100 e até na Bolsa de Valores é possível investir com pouco. Os especialistas, inclusive, recomendam que os iniciantes devem começar com valores menores, pois ainda estão ganhando experiência e estão mais suscetíveis a tomarem decisões equivocadas.

Por outro lado, também não é verdade que os riscos envolvidos em operações de investimentos sejam sempre altos. Existem aplicações seguras, como CDB, LCI e LCA, que trazem um retorno fixo, embora relativamente pequeno, sendo possível começar a investir nelas com pouco dinheiro. 

Além disso, desde que se faça os investimentos de forma consciente e organizada, preparando-se financeiramente e buscando informações em fontes confiáveis, os retornos serão quase sempre garantidos.

O que fazer antes de começar a investir

Os especialistas em investimentos defendem que quanto antes se começar a investir, melhor. Isso, no entanto, não significa que é preciso começar às pressas, sem se preparar anteriormente. 

Na verdade, é imprescindível tomar certos cuidados antes de adentrar no diversificado mundo das aplicações financeiras.

Tenha um ótimo planejamento financeiro

Ter as suas finanças em ordem já é uma boa garantia de que você será capaz de investir de forma segura, estando protegido contra eventuais perdas. 

Mais do que isso, para conseguir ter o capital para começar a investir, é importante equilibrar seu orçamento, cortando gastos desnecessários e estabelecendo metas de poupança.

Seu planejamento financeiro deve começar por um registro detalhado do seu patrimônio e das suas movimentações financeiras. Coloque no papel (ou numa planilha eletrônica, ou num app específico para isso) todos os ganhos, todas as despesas, as dívidas e os bens que você já adquiriu.

Desse modo, você poderá ter uma boa ideia de como está sendo gasto o seu dinheiro e qual a sua real capacidade financeira, e também poderá tomar melhores decisões de alocação dos seus ganhos. O controle das suas finanças deve ser constante e deve se tornar um hábito.

Veja também: Quais as vantagens de se investir em imóveis?

Tem dívidas? Negocie

As dívidas em aberto não apenas comprometem o seu orçamento, como também dificultam o seu sucesso nos investimentos. Afinal, é importante ter uma boa saúde financeira para começar a investir.

E o planejamento financeiro que citamos acima te ajudará a conhecer melhor suas dívidas e estabelecer estratégias para poder pagá-las. 

É indicado começar pelas dívidas com maior taxa de juros, pois elas crescem mais rápido. Ao mesmo tempo, também é interessante quitar logo as dívidas pequenas, para já começar a aliviar seu orçamento.

Antes disso, porém, é recomendado entrar em contato com as empresas credoras para negociar as suas dívidas. Também é possível usar os serviços de plataformas especializadas em negociação online, onde é possível negociar suas dívidas de forma mais prática e com altos descontos.

Já se você não conseguir negociar sua dívida, você também pode cogitar a solicitação de um empréstimo online para quitá-la. Contudo, isso só é recomendado quando as taxas de juros do empréstimo são menores que a da dívida em si.

Possua uma reserva financeira

Ter uma reserva financeira é importante para se proteger contra os mais diversos imprevistos do dia-a-dia, como problemas financeiros, de saúde e problemas relacionados a parentes. Porém, ela também é essencial para os investidores iniciantes, pois constitui uma segurança maior contra possíveis perdas nos seus investimentos.

Sua reserva financeira não precisa ser muito grande. É possível começar poupando valores pequenos e ir aumentando eles gradualmente, conforme o seu planejamento financeiro der resultados.

Defina objetivos claros

Ter objetivos claros é essencial para qualquer investidor, mas também é importante para quem ainda nem entrou no ramo. Depois de avaliar como andam as suas finanças e de estudar sobre as opções de investimento mais adequadas para você, deve-se estabelecer um valor compatível para sua aplicação inicial e metas de curto prazo que te ajudarão a alcançar tal valor.

Lembre-se de estabelecer metas realistas de poupança. Não adianta criar uma meta muito alta, que você talvez alcance nos primeiros meses, mas que logo se mostrará irrealizável e colocará todo o seu planejamento em risco. Nesse começo, conseguir quitar as dívidas e chegar no fim do mês com dinheiro sobrando já é um passo importante.

Procure conhecimento de qualidade

No mundo dos investimentos, o conhecimento é um recurso de extrema utilidade. Conhecer a fundo todos os riscos e vantagens envolvidos em uma operação pode ser a diferença entre ter um lucro exorbitante e ter um amargo prejuízo.

Por isso, antes de começar a investir, estude bastante sobre o funcionamento do mercado financeiro e sobre as diversas aplicações disponíveis. E não confie em qualquer fonte. Busque conhecimento em sites que são referência no assunto e profissionais que têm sua experiência comprovada.

Também vale a pena se inscrever em cursos para investidores iniciantes, onde você poderá ter um aprendizado mais completo, dinâmico e personalizado. Evite as ofertas mais chamativas e sedutoras de cursos, palestras ou consultorias e dê preferência àqueles que têm boa reputação entre alunos e empresas.

Alcançando objetivos

Investidores de sucesso geralmente são os mais bem preparados, mas também são os mais focados. Além de se planejar financeiramente, é importante estar preparado mentalmente para todas as dificuldades e oportunidades que surgirão. 

Se, por um lado, você não deve correr riscos desnecessários, também não deve se acomodar em aplicações de baixo retorno que não te ajudarão a alcançar a tão sonhada independência financeira.

Se você gostou desse artigo, te recomendamos dar uma passeada pelo blog Juros Baixos, onde poderá encontrar outros conteúdos interessantes sobre investimento. No nosso canal no YouTube você também poderá encontrar dicas bem didáticas para investidores iniciantes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.