TOP 3 metodologias de gestão para empresas que você precisa conhecer e implementar no seu modelo de negócio

Gerenciar um negócio não é uma tarefa fácil. Muitas pessoas acreditam que basta ter determinação, liderança e o chamado “tino para negócios” para ter sucesso nessa complexa tarefa.

No entanto, a prática tem mostrado que usar metodologias consagradas na gestão de empresas pode ajudar muito uma organização a se manter competitiva e com uma bandagem sobre seus concorrentes sustentável ao longo do tempo.

Diga, como você realiza a gestão da sua empresa? Tem alguma metodologia específica que você segue ou tudo é feito na base do “feeling”?

Existem diferentes métodos que você pode utilizar para conduzir um modelo de negócio de maneira bem sucedida. Há, inclusive, a possibilidade de combiná-los e fazer as adaptações necessárias à realidade de cada organização.

Neste artigo, vamos apresentar para você 3 principais metodologias de gestão para empresas. Prossiga com a leitura e confira nos parágrafos a seguir como elas podem te ajudar a potencializar o desempenho do seu negócio em diferentes aspectos.

3 melhores metodologias de gestão para empresas

As 3 metodologias de gestão para empresas bastante difundidas entre as organizações no Brasil e no mundo são:

  • OKR
  • BSC
  • Gestão por indicadores

Confira abaixo como elas funcionam e de que maneira elas podem otimizar os resultados do seu modelo de negócio.

1 – OKR – Objectives and Key Results

A metodologia OKR (Objectives and Key Results, ou Objetivos e Resultados Chave) foi desenvolvida por John Doerr enquanto ele trabalhava na Intel. No final da década de 1990, o método de gestão OKR foi implementado na Google e, a partir desse momento, se difundiu por empresas do mundo todo e não somente entre aquelas inseridas no mercado de tecnologia.

Mas, afinal, do que se trata essa que é uma das principais metodologias de gestão para empresas?

Bom, o OKR tem como propósito promover o alinhamento de esforços em direção a objetivos específicos, podendo ser individuais ou coletivos.

Para isso, esses objetivos são “quebrados” em resultados chave que, quando alcançados, deixam os envolvidos mais próximos de atingir o objetivo principal, as metas do negócio.

A intenção dessa metodologia é definir um caminho a ser trilhado para chegar a determinado objetivo; e os Key Results vão mensurar os resultados dos esforços direcionados a esse objetivo maior.

Confira no quadro abaixo alguns exemplos de como essa metodologia de gestão funciona na prática:

Aproveite e confira também este vídeo com mais detalhes:

2 – BSC – Balanced Scorecard

Até o início da década de 1990, era bastante comum que as empresas focassem suas análises sobre o desempenho do negócio na perspectiva financeira.

Foi então que Robert S. Kaplan e David P. Norton perceberam as limitações que o foco nos indicadores financeiros poderiam trazer para as análises da performance de uma empresa.

Os professores da Harvard Business School acreditavam na insuficiência dos métodos de medição do desempenho organizacional e publicaram em 1990 a pesquisa “Measuring Performance in the Organization of the Future”.

Dois anos depois, Kaplan e Norton desenvolveram uma metodologia bastante inovadora para a época e que tinha como objetivo avaliar o desempenho organizacional a partir de uma visão 360º: o Balanced Scorecard.

Extrapolando as análises financeiras, o BSC propõe avaliar a empresa considerando outras três perspectivas além da financeira:

  • Perspectiva Financeira: impacto das estratégias de negócio no desempenho das finanças da empresa, geração de lucro, faturamento, valor para acionistas.
  • Perspectiva dos Clientes: como a empresa quer ser vista pelos clientes, como gerar mais valor para os clientes.
  • Perspectiva dos Processos Internos: ações internas, tecnologias disponíveis, rotinas operacionais.
  • Perspectiva do Aprendizado e Crescimento: aprender com os erros para que eles não se repitam, investir na capacitação dos colaboradores, inovar, se reinventar

A metodologia BSC permite ter uma visão mais ampla sobre a empresa e é uma grande aliada na execução de planos de ação em diferentes níveis hierárquicos.

Confira abaixo um exemplo de mapa estratégico com base na metodologia BSC:

Quer entender ainda melhor como funciona a metodologia BSC, Balanced Scorecard? Então assista a este vídeo:

3 – Gestão por indicadores

Por fim, a metodologia de gestão por indicadores é focada em resultados. Utilizam-se diferentes métricas para mensurar o desempenho das estratégias de negócio e, a partir de dados concretos, fazer os ajustes necessários.

Essa metodologia com base no uso de KPIs permite tomar decisões mais bem fundamentadas. O achismo passa a ser substituído por dados palpáveis e evidências sólidas a respeito da performance da empresa.

Confira abaixo 6 dicas para implementar a gestão por indicadores:

Sim, separamos mais um vídeo para você compreender mais esta metodologia de gestão de empresas:

Bom, essas são as 3 principais metodologias de gestão de empresas. O que você achou?

Lembre-se de que elas não são excludentes; isso significa que você pode combiná-las e fazer as adaptações necessárias às necessidades do seu modelo de negócio.Este post foi escrito pela equipe da Siteware, uma empresa que une pessoas, operação e estratégia em um único software de gestão empresarial, para que as empresas melhorem seus resultados, sua comunicação e sua governança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.